UFPB promove Simpósio Internacional de Jornalismo em Ambientes Multiplataforma

  • Postado em 27 de julho de 2020

O Programa de Pós-Graduação em Jornalismo (PPJ) da Universidade Federa da Paraíba (UFPB) receberá no mês de novembro, entre os dias 23 a 25, pesquisadores, professores, estudantes e interessados para discutirem sobre as nas novas estratégias de produção jornalística para multiplataformas.

As transformações que o jornalismo enfrenta, principalmente com o advento das novas tecnologias da comunicação e da informação, têm impactado as práticas da profissão. As relações entre os jornalistas e seus leitores também têm sofrido alterações em sua lógica. O aumento dos dispositivos de acesso como os smartphones e tablets, os pacotes de tráfegos de dados e a mobilidade propiciam uma nova cultura à sociedade. Essas multiplataformas estarão em pauta no Simpósio Internacional de Jornalismo em Ambientes Multiplataforma.

O evento recebe a promoção do Grupo de Pesquisa em Jornalismo, Mídia, Acessibilidade e Cidadania (GJAC) e do Gruo de Pesquisa em Jornalismo e Mobilidade (MOBJOR) da UFPB. O Simpósio receberá pesquisadores como o Prof. Dr. João Canavilhas, da Universidade Beira Interior, de Portugal, que pesquisa sobre webjornalismo e dispositivos móveis e a Profa. Suzana Barbosa da Universidade Federal da Bahia, especialista em jornalismo digital em base de dados e convergência jornalística.

Outras palestras e conferências também acontecerão no evento que está com chamada de trabalhos aberta, para pesquisadores de todo o país. Os trabalhos podem ser direcionados para um dos três GTs: 1) Conceitos e experiências de Jornalismo Multiplataforma; 2) Mobilidade no Jornalismo e 3) Jornalismo e Acessibilidade em Ambientes Multiplataforma.

A reflexão sobre essa temática se destaca no atual cenário e chega ao Brasil onde as pesquisas ainda estão em desenvolvimento, quando comparadas a outros países, principalmente os europeus. E possibilita aos interessados um conhecimento a mais sobre as novas facetas do jornalismo elaborada para a internet.

Para mais informações acesse o site do Simpósio.